24.05.2019 | Fundamental 6° ano

Máscaras Africanas

face

Por um longo período as “máscaras africanas” foram consideradas pelos colonizadores europeus, como artefatos exóticos, deixadas em exposição com o título de “curiosidades” ou fazendo parte da decoração de ricos viajantes.  Já para os africanos, elas têm e sempre tiveram um grande significado espiritual, cultural, histórico e religioso; são, assim, usadas em inúmeras celebrações. O uso delas é uma característica dos povos da África Subsaariana (ao sul do deserto do Saara), presente até os dias de hoje, as quais encantam muitas pessoas. Por isso, são consideradas como um Patrimônio Cultural Africano.
Vale ressaltar, que o grande pintor Pablo Picasso se inspirou em toda a essências das “máscaras africanas” para realizar diversas obras. Cada traço, cada forma e cada cor é uma expressão cultural, artística e religiosa africana, a qual representa, acima de tudo, a identidade de um povo.  Portanto, merecem ser estudadas e divulgadas.
Mediante a essa premissa os estudantes do 6° ano, com a colaboração do 3° EM, produziram, nas aulas de Ensino Religioso e Arte, máscaras com o intuito de também apresentar um significado simbólico, cultural e pessoal, exprimindo sua identidade, seus medos, seus sonhos, tristezas e alegrias.
Confira todo o processo de confecção e como ficaram as máscaras de nossos “pequenos grandes artistas”.

Confira as fotos aqui!

Leia também